Notícias

Almir Santana fala sobre vírus

09/05/2016 16:09:41

Durante dois dias, o médico sanitarista da Secretaria de Estado da Saúde, Almir Santana, esteve presente no Colégio Módulo para abordar o tema “Vírus e viroses como problema de saúde pública no Brasil”. Centenas de alunos, do 6º ano do Ensino Fundamental até a 3ª Série do Ensino Médio, participaram do evento. “Esse é um momento importante porque os estudantes possuem o poder de multiplicar as informações”, ressaltou Almir.

A palestra do médico Almir Santana aconteceu em vários momentos para cada turma e foi realizado no Teatro Maria Guadalupe Tavares Amado Mendonça, que ficou lotado durante cada apresentação. “Falar para esses adolescentes é muito importante porque eles conseguem, na maioria das vezes, convencer e alertar os pais sobre como prevenir a transmissão de doenças”, comentou Almir.

“Em relação ao aedes aegypti, mostrei aos alunos o quanto é necessário identificar os criadouros do mosquito”, pontuou. Manter tampados os tonéis e barris de água, não deixar água acumulada sobre a laje, fechar bem os sacos de lixo, trocar a água dos vasos de plantas e manter as garrafas com a boca virada são algumas das ações periódicas que podem ser feitas para eliminar os focos do mosquito. “O adolescente precisa ter essa informação para observar tudo isso em casa”, acrescentou Almir.

“Foi uma palestra proveitosa. Eu achei muito importante. Aprendi várias coisas, desde lavar corretamente as mãos para evitar transmissão de doenças, até como manter os locais limpos para evitar o aparecimento de mosquitos, principalmente o aedes”, disse Vitória Machado, aluna da 1ª Série do Ensino Médio. “Certamente devemos refletir muito sobre assunto. Os vírus sofrem mutação constante e isso requer um estudo aprofundado e detalhado sobre essa situação. Por isso, gosto muito dessa área”, falou Jonathan Magalhães, também aluno da 1ª Série do Ensino Médio, que tem o sonho de ser infectologista.

“O nosso grande desafio nas escolas é mudar a linguagem sobre o assunto para cada faixa etária”, registrou o médico Almir Santana. “O assunto é o mesmo, mas é preciso envolver o aluno por meio da linguagem mais adequada, tornando o aprendizado mais dinâmico e eficiente. Falar sobre vírus e viroses, por exemplo, requer experiência por ser um tema extremamente relevante”, enfatizou.

Vídeos